quarta-feira, 30 de setembro de 2009

15 - De médico e louco minha cardiologista não tem pouco


Meu, daqui 40 horas faço a segunda cirurgia em meu olho esquerdo. É uma cirurgia simples mas requer anestesia local e sedação. Exatos 30 dias atrás estava sendo operado em emergência pq a danada da Maria Retina resolveu que queria ser descolada de uma hora prá outra. Deve ter sido influenciada pelo Narizvaldo, aquele bisbilhoteiro que vive fuçando onde não é chamado. Os descolados já nascem descolados. Não adianta querer ser descolado depois de adulto pq isso não dá certo. E com Maria Retina não foi diferente. O oftalmologista já deu logo uma enquadrada nela e colocou ordem na casa. Mas Narizvaldo fez que fez e Maria Retina tá querendo ser descolada de novo. Dessa vez, já ligado nas intenções dela, me adiantei e contei tudo para o Dr. Marcelo. Vamos dar outro jeito nessa menina. Exames prévios, nada de surpresas ou emergências, temos uma semana para armar a cilada para a desorientada da Maria Retina.
Dr. Marcelo viu Maria Retina na segunda-feira e marcou para sexta-feira a nova cirurgia. Pediu exames pré-operatórios. Na terça-feira, fiz exames de sangue. Um punhado deles. Hoje foi a vez do cardiologista. Um eletrocardiograma que leva alguns segundos, um de acordo do especialista e seria só correr prô abraço. Mas alguma coisa deu errado no meio do caminho. Em vez do cardiologista cordial, uma cardiologista mal-humorada dos infernos. Fez um caminhão de perguntas, cujas resposta eram não tenho, não tenho e não tenho. Ela não creu neu e me pediu um "jornal" de exames. Um monte de solicitações em umas folhas enormes.
- Doutora, minha cirurgia é daqui dois dias. Não vai dar tempo...
- Vê com as meninas da recepção. Se informa lá e faz os exames.
- Esses exames todos podem ser feitos aqui?
- Vê com as meninas da recepção. Se informa lá e faz os exames. Depois volta aqui que eu dou o meu parecer.

Aaaaaaaaaaaaah, vaca filha da puta. Em vez de facilitar a minha vida vai me dar essa canseira? Eu cheio de trabalho e agora tenho que ficar correndo prá lá e prá cá prá fazer esses exames todos prá ganhar um parecer? Uma simples assinatura dela? Quem ela tá pensando que é? Fiiiiiiiiiilha da puta!!!

- Recepcionista, preciso fazer esses exames...
- Deixa eu ver aqui. Vamos marcar...
- Acho que não dá para marcar. Opero na sexta-feira...
Depois de algum tempo...
- Vc vai fazer esse exame aqui mesmo. E vai ser agora que é para dar tempo de vc fazer os demais. A doutora só fica hoje até as 11:00 e amanhã, das 8:00 às 9:00. Na sexta é a sua cirurgia. Vai dar trabalho...

Toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc...
Esse som sou eu de calça social e sapatos de sola de couro caminhando na esteira ergométrica. A enfermeira ainda me deu uma opção:
- Ah, vc não veio preparado, né? Vc prefere caminhar de sapatos ou descalço?
O pessoal do lado de fora da sala deve ter pensado que havia um cavalo fazendo teste ergométrico!!!

O segundo trabalho de Hércules para conseguir o de acordo da toda poderosa era perto dali... fui debaixo de garoa caminhando por duas quadras até o local do eco doppler. Nome chique de exame para uma cirurgia relativamente smples. O que será que ela quer mais saber sobre o meu coração? Mais negociação na recepção e finalmente fiz o segundo exame do dia!!!

Terceiro trabalho de Hércules. Fui até o laboratório onde havia feito os exames ontem. Senha na mão, quando chegou minha vez, pedi ajuda:
- Uma médica maluca me pediu uma coisa meio difícil e por isso eu vou pedir o seu auxílio para conseguir realizar esse terceiro trabalho.
- Pois não? Disse ela, sorrindo com intenção clara de ajudar.
- Ela quer que eu faça esses exames todos aqui. Ela quer isso amanhã, às 8:00... Olha esse. aqui... Precisa de jejum. Eu já tomei café da manhã hoje. Somo mais 12 horas e vcs ficam me esperando aqui até as 20:00, tiram o meu sangue, ficam trabalhando de madrugada... Quando estiver quase amanhecendo, eu acordo, entro na Internet, imprimo o exame e coloco na mão dela no horário em que ela estiver lá, amanhã, depois de uma noite bem dormidinha.
- E alguns exames nessa lista nem podem ser adiantados. São dois dias de espera.
- Tô falando que ela é uma maluca... Não tô falando?
- E esse daqui, precisa de 24 horas de abstinencia sexual.
- Ó, tô falando... essa maluca tá achando que a gente só pode transar quando ela quer? Em abstinência sexual deve ser ela quem está... de 24 meses. Não vou fazer esses exames coisíssima nenhuma.
- Complicado, né? (rindo)
- Vc consegue aproveitar o restinho do sangue do exame que eu fiz ontem?
- Deixa eu ver.
Depois de um minutinho.
- Olha, não pode aproveitar não. Se ainda fosse o sangue da manhã de hoje poderia. Mas o senhor vai ter que tirar o sangue de novo para fazer esses exames.
- Deixa prá lá... Não vou fazer mais esses exames. Ela que fica de abstinência sexual e eu que pago o pato?

Esta tarde juntei o resultado do exame de ontem com os de hoje e montei um pacotinho. Amanhã cedinho eu vou levar tudo para aquela sádica abstida. Quero só ver se ela vai querer me dar canseira. Agora à noite me lembrei que que o Dr. Marcelo havia pedido para eu não fazer esforços físicos até a cirurgia e eu fiz SÓ um teste ergométrico com o coração chegando a 172 bpm.
Ah, ela não abuse senão vai constatar que era mesmo um cavalo que estava fazendo toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, toc, naquela esteira.

Um comentário:

Joias da Família disse...

Vou rir pra não chorar, tá?
Aliás, vou rir é muito mesmo, porque isso tudo é muito, muito engraçado!
ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha!!!
Sifudeu! sorry...
quem mandou jogar xarope na enfermeira quando era pequenino, hein queridinho...
tadinho do ratinho...
(epa, abstinência sexual não, meu chapa, vou lá dar umas bifas naquela lôka!)